28.8.04

Amanhã...

É domingo.
E aos domingos as árvores crescem na cidade,
e os pássaros, julgando-se no campo, desfazem-se a cantar empoleirados
nelas.
Tudo volta ao princípio.

António Gedeão, Novos poemas póstumos (1990)

Sem comentários :