30.7.05

...arvoar, arvorar, árvore, arvoredo...

.

«...arvoar, arvorar, árvore, arvoredo...» no Dicionário etimológico da língua portuguesa: com a mais antiga documentação escrita e conhecida de muitos vocábulos estudados - José Pedro Machado.- 2.ed.- Lisboa : Livros Horizonte, 1967.
Há livros assim, que nos completam. Graças a homens como este, que não se esquecem!

+ Em Memória de José Pedro Machado (1914-2005) +
.

2 comentários :

António Viriato disse...

Cara Manuela,
Muito reconhecido lhe fico pela referência ao nosso prezado Mestre e igualmente pelo apontador/link com que me honrou. O principal, porém, é a evocação deixada. Todos os que conhecíamos JPM, pessoalmente ou das suas muitas obras, sempre seremos poucos para divulgar o seu distinto nome de intelectual, estudioso, erudito e cidadão irrepreensível, nas suas relações com os outros e com as instituições que serviu. É nosso indeclinável dever lê-lo, estudá-lo, meditá-lo e, se formos disso capazes, seguir o seu exemplo, em qualquer domínio de saber em que nos situemos. E sobre tudo o que JPM fez pela Cultura Portuhuesa, deve ainda enaltecer-se a probidade, a verticalidade, com que viveu, muito dissonante daquilo que nos é dado ver, no presente, ainda por cima excessivamente elogiado e condecorado, até no 10 de Junho. Mal vão os tempos, quando a Pátria tanto se equivoca na distinção dos seus maiores...

APOBO disse...

Triste país este! Um qualquer pontapeador de bola teria direito a, pelo menos, meia hora na abertura do noticiário. Ah! E apenas porque havia torcido o dedo mindinho! Quem nos salva desta tragédia?...
Manuel