3.12.05

Condução perigosa


Foto: pva 0509 - buganvílias na Rua de São Pedro, Angra do Heroísmo

«Durante muito tempo não teve carta. Contam que, quando a tentou tirar, numa aula de condução, entrou por uma rua de sentido proibido. O instrutor advertiu-o com severidade: não viu o sinal? Gonçalo, sorridente, respondeu: o que eu vi foi uma buganvília magnífica.»

Helena Roseta sobre Gonçalo Ribeiro Telles em A Utopia e os pés na Terra (Instituto Português de Museus, 2003)

5 comentários :

PHYLOS disse...

Sempre achei buganvilia uma palavra estranha. Explico, não estranha no sentido ruim, mas aquela estranheza do incomum, do que não se vê sempre.
Como horácios, como flor de lis.
Algumas palavras não cumprem o sentido do significado. Outras o dizem de forma fantástica: buganvilias!

vera do val disse...

Mais uma visita, mais um prazer.

manueladlramos disse...

Já me aconteceu o mesmo: entrar numa rua em sentido proibido por causa de uma árvore... Juro-vos que não fiquei mesmo nada sorridente, pelo contrário: assustei-me e bem com a minha distracção ;-(

ver disse...

E eu, na rua do Paiol a 40km/hora ja' raspei um rover, ainda por cima emprestado, nas pedras de lava de um murete paralelo ah estrada declivosa. Tudo por causa do Sr. Pico que se erguia a minha frente solteiro e sedutor. Claro que a raspadura nao atingiu apenas uma porta, que isso seria ir contra as leis de Murphy, arranhou logo ambas. Quem nao achou piada nenhuma foi o meu bolso que me disse sobranceiro: "toma la' para nao seres parva; da proxima olha o Pico na lentidao dos teus pes e deixa o carro com o seu dono!".

Cris(nuvemLiLas) disse...

Maravilhosas! Fazem parte da minha infância num lugar "criado" pelo meu avô - aqui neste lado de cá do Atlântico -, que não se esqueceu de plantá-las e cultivá-las. 'Tô com o Phylos...a palavra buganvilias é fantástica...mas conheço mais - não sei se errado - como buganvilles.