7.1.06

O apanhador de cogumelos

O mais difícil não é distinguir
entre um boleto pão-de-ló e um

boleto-de-satanás o mais difícil
não é andar quilómetros e quiló-

metros por uma floresta e chegar
ao fim com os pés enxutos.

O mais difícil é não sucumbir
à beleza desse mundo que se

alimenta de detritos em putre-
facção e onde não há flores

nem frutos.

Jorge Sousa Braga, Porto de Abrigo (Assírio & Alvim, 2005)


Fotos: pva 2005

1 comentário :

Menina & Moça disse...

Tudo o que é raro é precioso! Esses cogumelos são uma raridade, daqueles que uma pessoa só os acredita no mundo das maravilhas da Alice. Peço desculpa pela a invasão, mas achei deveras interessante