6.5.06

As mais importantes Quintas do Porto (sec. XVIII)

«Além de referir as mais importantes Quintas do Porto, Rebello da Costa dá-nos algumas das características gerais destas quintas que se tornam elementos importantes para uma definição de tipologias de espaços exteriores nas quintas dos Norte do país durante o séc. XVIII.
"Não lhes são necessárias cautelas para evitarem o rigor da neve ou o ardor do Estio. Em todas as estações do ano as laranjas, limões, limas, cidras, alfaces, couves, etc. crescem e sazonam-se completamente. Muitas dessas quintas dilatam-se por Massarelos, Vilar e Cedofeita. Raríssima haverá da qual se não goze vista de rio e mar; raríssima a que não tenha, dentro dos seus muros, copados bosques de frondosos castanheiros, carvalhos e outras árvores pomposas. Os lagos e tanques de água perene são nelas frequentíssimos, de sorte que, com o impulso e peso da sua corrente, trabalham alguns moinhos e azenhas.
As casas de campo são, pela maior parte, rodeadas de espessos arbustos que, trepando até ao cume dos telhados, representam aos olhos agradáveis labirintos semeados de jasmim, martírios e muitas outras flores, cuja variedade e cheiro suavíssimo é o encanto dos sentidos. Os ingleses, franceses, holandeses, hamburgueses e outras famílias estrangeiras comerciantes são os que arrendam estas quintas e nelas vivem a maior parte do ano; mas os portugueses reservam para seu uso e divertimento as melhores e as mais custosas.


Tais são: da parte do nascente, norte e poente, a das Virtudes [...];a do Pinheiro [...];a dos Carvalhos [...];a de Santo Ovídeo[...]; a da Prelada [...];a da Fonte [...]; a do Bom Sucesso. Seguem-se as três quintas do Vilar [...];a do Regueirinho [...].

Segue-se para o nascente a de Sacais[...].
As que estão à borda do rio Douro são: a do Prado [...] ; a da China [...]; a da Campanhã [...]; a do Freixo; a do Sardão. Segue-se a Quinta dos Fiais, sita na freguesia de S. Pedro de Avintes [...] ." Agostinho Rebello da Costa, Descripção da cidade do Porto, 1789, p.66-9 »
in Tratado da Grandeza dos Jardins em Portugal (Helder Carita /Homem Cardoso - Círculo de Leitores, 1990), pp 284-5

Sem comentários :