20.9.07

Boca-de-sino


Physostegia virginiana

Esta herbácea perene originária da América do Norte, da mesma região dos tulipeiros, estrelou há dias no Botany Photo of the Day. Para confirmar que a designação comum em inglês, obedient plant, se lhe adapta, o que não pode ser feito numa mera fotografia, podemos ir ao jardim formal da Quinta de Sto. Inácio onde vegeta este exemplar, mover de sítio uma flor e verificar que ela se conforma com a nova posição. Bem, para que este método possa constituir meio de prova, é melhor repetir com outras flores, não vá a primeira experiência ter sido bem sucedida por acaso. Por estas e por outras é que os nomes vernaculares são mais fáceis de justificar e memorizar, e menos efémeros que os científicos.

A Physostegia virginiana multiplica-se por divisão de touceira, que ela cria lançando generosas pôlas (é estolonífera, diz-se), caules rastejantes a que os jardineiros chamam ladrões. As flores são inchadas com um capuchinho e três lóbulos, e há uma variedade rara de pétalas brancas apropriadamente designada Summer snow.

1 comentário :

Anónimo disse...

Bonjour, Bom dia

Parlez-vous Français ?
Voce fala frances

j'écris avec un dictionnaire
Escreve com un dicionario

Votre site est très intéressant
Vosse site e muito interessante

Salutations jardinières
Saudaçao jardineira

Danielle
http://quatremainsaujardin.over-blog.com