7.10.07

É por ti


Verbena bonariensis


---É por ti que se enfeita e se consome,
---Desgrenhada e florida, a Primavera
---É por ti que a noite chama e espera

---És tu quem anuncia o poente nas estradas.
---E o vento torcendo as árvores desfolhadas
---Canta e grita que tu vais chegar.


Sophia de Mello Breyner Andresen, Dia do mar (1974)

3 comentários :

Anónimo disse...

Não conhecia esta verbena. Pelo meu sítio vejo muita Verbena officinalis, a que tem a inflorescência em espiga pequena, que quase se confunde com o mato dos caminhos. Mas poemas da qualidade deste, e gente que na vida nos diga isto, é um pouco mais raro. Obrigado por nos fazer sonhar.

Maria Carvalho disse...

Esta verbena é da América do Sul e gosta de frio. Na foto vêem-se as pétalas sem ponta, com uma ligeira indentação que caracteriza este género. O pé é alto e rijo, de secção quadrada, e as folhas esmagadas cheiram bem. Parece que Outubro é um mês ameno para as verbenaceas: as lantanas que temos na cidade estão exuberantes de flor, cores bem-vindas nos nossos dias mais cinzentos.

jp disse...

obrigado