6.10.09

Azevim


Ardisia crenata Sims

.....Também ele vai morrer, o verão.
.....Do verde ao vermelho
.....as maçãs ardem sobre a mesa.
.....Ardem de uma luz sua, mais madura.
.....E servem-me de espelho.
.....Eugénio de Andrade (As maçãs, 2002)

Antes que o leitor atarefado reclame que já aqui viu esta planta, que assim deixa de cá vir, permita-nos interrompê-lo para lhe dar toda a razão. Tome lá. Vai também um cafezinho? Não, não incomoda. Ah, desse não, as bagas do café-de-jardim são para os passarinhos. Ora oiça.

Há realmente poucas diferenças a assinalar entre a A. solanacea e este arbusto de copa densa, rizomatoso, entouceirado, originário do sudeste asiático, sul da China e do Japão. As folhas são de um verde mais escuro e brilhante, um pouco onduladas, e têm margens crenadas. As flores, de Verão, perfumadas e minúsculas, têm um tom rosa mais esbatido, quase branco, e nascem em ramalhetes em que os longos pedúnculos florais, crescendo a diversos níveis da haste, se elevam todos à mesma altura (corimbos). Os cachos pomposos são de bagas de um vermelho vivo...

- O que disse?... Sim, vermelho morto seria bizarro... quanta graça, a sua...

...como as do café, fonte importante de alimento para aves. E é de menor porte, não indo, em geral, além dos 6 pés. Fácil de cuidar, relativamente tolerante ao frio, capaz de germinar em condições ambientais adversas, pode tornar-se uma praga difícil de conter.

Um bonito sucedâneo do azevinho, não acha? Oh, adormeceu...

5 comentários :

bettips disse...

Sabias que "não se devia dizer" vermelho há 34 anos - e para trás - mas sim "encarnado"?
...oh, belas bagas vermelho- maduro-Maio, Eugénio e o seu dizer ...

café de pássaros sempre de olho aberto, este lugar.

M. Dalila disse...

Agradeço a sugestão de substituir o Azevinho por este café-de-jardim, até porque este parece ser bem menos exigente no cultivo e não tem o problema da lei de protecção do Azevinho. Tem flores perfumadas e é uma linda planta!
Muito obrigada, Maria Carvalho e Paulo Araújo, pelo gosto que me proporcionam, diariamente, ao vir aqui descobrir as surpresas que nos deixam...(MD)

Gi disse...

Mesmo que repitam plantas eu prometo cá vir, está bem? :-)

Maria Carvalho disse...

bettips: Mas encarnado, cor de matéria, tem aura de pecado. Diz-se que «Deus encarnou» como quem informa que fez o favor de experimentar forma imperfeita.

MD: E as margens das folhas são realmente uma surpresa de tão buriladas. Não sei como a natureza tem tanta imaginação nestes detalhes, que vantagem ela encontra neste ou noutro formato, se é apenas distracção por ter tanto tempo ao dispor...

Gi: Como diz o JB, por este mimo, tão raro por aqui, «passe ali na recepção para recolher o cheque».
:-)

Maria da Luz Borges disse...

Nunca adormeceria neste blog!!!
Luz