31.10.09

O que não se escreve

Façam rufar tambores e entoem aleluias: o Eduardo está de volta. Morto e enterrado o agrafo, com direito a lápide e tudo, é o ágrafo, seu irmão gémeo, que ocupa agora o mesmo endereço. Depois digam que um acento não faz toda a diferença.

Sem comentários :