23.5.15

Agrião fogueteiro



Barbarea verna (Mill.) Asch.

Descobrimo-la na praia fluvial de Friestas, Valença, mais recuada do que as ervas rasteiras que se aventuram a molhar as raízes na maré alta. Chovia bastante, e ali estacámos num grande pasmo diante do rio Minho. Nenhum de nós se lembrou de orar a santa Bárbara - enfim, as tradições já não se honram como outrora. A calma perante a tempestade, todavia, permitiu-nos reparar nesta crucífera formosa, com flores de um amarelo-limão muito apelativo, que o João Lourenço reconheceu de imediato. E, curiosamente, é uma Barbarea, género cuja designação homenageia (dizem) precisamente aquela santa, que tem notoriedade entre os que protegem contra relâmpagos e temporais, e é também padroeira de mineiros e artilheiros.

As plantas deste género (a partir da B. vulgaris) ganharam um tal nome pelo alívio que concedem em caso de queimadura. Há, porém, uma outra virtude que lhes é atribuída hoje em dia. Elas são uma preciosa ajuda no controle biológico das pragas de insectos em campos de cultivo porque criam naturalmente uma armadilha eficiente: os bicharocos são atraídos por estas plantas e nelas depositam, confiadamente, as suas larvas; mas estas morrem cedo por causa das substâncias químicas que as plantas entretanto produzem quando estimuladas por tais visitas. Eh pá, obrigadinha.

A B. verna, de floração temporã e bienal, é nativa do sudoeste da Europa e está presente de norte a sul do nosso território (com algumas lacunas pelo meio: falta no Alentejo e na Beira interior). Aprecia lugares húmidos com alguma sombra e solo arenoso. A Flora Ibérica publicou uma chave básica para distinguir esta da B. intermedia (erva-de-xestre) e da B. vulgaris (erva-de-santa-Bárbara), de que destacamos, porque pode notar esses detalhes nas fotos, os frutos longos, arqueados para cima e ligeiramente comprimidos.

A B. verna é conhecida, entre nós, como agrião-da-horta (em inglês também lhe chamam early yellow rocket), e pode consumir-se em saladas ou sopas, em substituição, por exemplo, do agrião ou dos espinafres.

Sem comentários :