22.6.06

Pau rosa


Tipuana tipu

Enquanto a cidade se enfeita para os festejos do S. João, algumas árvores dão anonimamente o seu contributo em cor e copa. As tipuanas, leguminosas da subfamília Papilionoideae como revela a forma das flores, chegaram à Praça da Batalha com o granito da Porto 2001, que partilham com alguns exemplares de saúde débil de Gleditsia triacanthos. São resistentes e não precisam de muita água, por isso são ideais para ornamentar as nossas renovadas praças-tipo-eiras.

O género Tipuana, designação que deriva do nome indígena do rio boliviano Tipuani - em cujo vale, zona mineira e montanhosa, estas árvores são endémicas -, inclui uma única espécie sul-americana (do Brasil, Argentina e Bolívia), a Tipuana tipu. As folhas são pinadas, perenes, verde-azuladas, com hábito pendente que lhe dá um jeito de guarda-sol e garante abençoada sombra. Têm a peculiaridade de cada par de folíolos opostos fazer um ângulo como as duas bandas de um telhado. As flores cor de pêssego, de pétalas enrugadas com um veio central cor de ferrugem, lembram borboletas. Os frutos são vagens semelhantes a sâmaras de uma só asa, num gesto bem-vindo de economia de meios. A madeira tem um leve tom rosa e, ao que dizem, é boa para carpintaria.

5 comentários :

Filipe disse...

Arborizaram, aqui perto de mim, uma rua completa com tipuana.
Ao princípio perguntei porquê esta espécie? (também não gosto da ideia de existir só uma espécie ao longo duma rua, mas pronto isso são questões estéticas) e porque não outras.
Acontece que essa rua está na direcção noroeste, principal direcção do vento nesta área, além do verão ser bastante seco.
Fiquei admirado com a resistência destas árvores, aguentam muito bem o vento e são ainda bastante novas, com cerca de 2 a 3 metros. Com os últimos ventos, vi várias árvores partidas e destas tipuanas nenhuma.

annie hall disse...

Obrigado por tanta informação sobre as Tipuanas.É uma arvore que aprecio imenso e tenho duas ,já muito grandes que me dão uma agradavel sombra ,mesmo em frente de casa.
A minha experiência diz-me no entanto que estas arvores não reagem bem com as geadas de fevereiro.Para meu imenso espanto e tristeza um grupo de quatro , colocada a norte quiemaram-se este ano .Têm agora sinais de recuperação mas não na copa , apenas do tronco principal rebentaram alguns ramitos.Bem tenho esperado por ver umas folhitas lá por cima mas até agora nada:(

annie hall disse...

annie hall do outsider

Dias com árvores disse...

Em catalão:La tipuana ens anuncia l'estiu

Fazzio José disse...

Aprendi a adimirar as Tipuanas em São Paulo nos bairros Jardins. Lá elas esta encobertas por uma trepadeira (era) que a embeleza ainda mais. Seu formato e os espaços entre os galhos principais as deixam muito formosa. faço caminhada e corro em um parque aqui na minha cidade Ribeirão Preto - SP e lá tem algumas. Em Novembro peguei sementes e consegui tirar quatro mudas que ja tem 15 cm de tamanho.
Estou cuidando em casa para depois planta-las em uma chacara.
Para mim trata-se de uma das mais bonitas arvores deste paiz.
José A. Fazzio