23.4.07

Da horta



Apesar de estes duas espécies de Phlomis surgirem lado a lado no jardim de Serralves, e de serem ambas de origem mediterrânica, elas não costumam encontrar-se na natureza. A P. fruticosa, de flores amarelas, é mais oriental e distribui-se desde a Sardenha até à Anatólia; a P. purpurea, do Mediterrâneo oeste, fica-se por Portugal, Espanha, Marrocos e Argélia. As folhas aveludadas e as flores agrupadas em coroa na axila das folhas mais altas dão a estas plantas um ar exótico muito atraente. Pertencem à família Lamiaceae, o que se nota no formato das flores, em particular no capuchinho da corola. É notória a semelhança com o género sul-africano Leonotis; as duas plantas partilham a preferência por solo pobre, seco ou bem-drenado, e muito sol. No Inverno são apenas um montinho de folhas usadas a proteger as raízes enquanto esperam por nova rodada de calor.

No livro The Jade Garden - New & notable plants from Asia, de Peter Wharton, Brent Hine e Douglas Justice (da University of British Columbia Botanical Garden & Centre for Plant Research, 2005), os autores testemunham a boa adaptação desta planta a climas extremos, desde que viva em canteiros de pouca rega.

2 comentários :

Ponto Verde disse...

Belissimas imagens.

Sininho disse...

Lindíssimas fotos, como sempre.
Nomeei este blog entre os cinco que mais gosto de percorrer, pelas fotografias que aqui encontro.
Tendo disposição, dê um salto ao -ecosdafalésia.blogspot.com

Deixo um abraço