20.4.13

Goivo grisalho



Cynoglossum cheirifolium L.

Nome comum: língua maldizente, língua-de-cachorro
Ecologia: é planta ruderal, de lugares descampados com solos secos ou pedregosos
Distribuição global: oeste da região mediterrânica. De acordo com os registos da Anthos, ocorre em quase toda a Península Ibérica mas é rara a noroeste.
Distribuição em Portugal: Amaral Franco e a Flora Ibérica indicam que ocorre no Algarve, Alentejo, Beira Alta e Trás-os-Montes, mas o portal Flora-On tem poucos registos da sua presença
Época de floração: Fevereiro a Julho
Data e local das fotos: Março de 2013, em clareiras de matos e bermas de estrada no Alto Douro, entre Freixo de Espada à Cinta e Almendra
Informações adicionais: herbácea bienal aveludada, com caules de até 40 cm de altura e folhas esbranquiçadas em ambas as faces. As flores têm corolas de cerca de 8 mm de diâmetro e são cor-de-vinho. O género está presente em Portugal continental com mais duas espécies, C. clandestinum Desf. e C. creticum Mill., esta naturalizada em algumas ilhas dos Açores.

6 comentários :

ZG disse...

Que planta tão bonita e tão rara!
Parabéns por mais este excelente post!
Já agora, os goivos não costumam ser crucíferas?
Abraço,
ZG

bea disse...

é um goivo muito afectivo, apetece passar-lhe a mão no veludo do corpo. e além disso, bonito. Julgo já o ter avistado

Maria Carvalho disse...

ZG: Costumam, sim. Foi o epíteto cheirifolium, que alude aos goivos (Erysimum cheiri), que nos tentou. Um abraço.

bea: É macio como um gatinho.

Anónimo disse...

Já vi planta no Cerro de São Miguel no Algarve.

ZG disse...

Cheirifolium - muito bem observado!
Sábia designação vernácula!!

Maria Carvalho disse...

Anónimo: Obrigada pela informação. Tomámos nota, um dia destes vamos procurá-la.