31.3.06

Rabiscos naturais para muros urbanos



Em alternativa às borratadas tipo carimbo, assinatura ou recado em mau português (ou em língua que só o borratador e os da sua tribo entendem) que sujam muitas das pedras da cidade, poderíamos forrar os muros com trepadeiras - como por exemplo esta Akebia quinata, que dá flores com perfume de baunilha. Deste modo, as ruas que agora são cadernos de rascunho converter-se-iam em aromáticos corredores de verdura e cor que iriam registando a passagem das estações.

Este arbusto da família Lardizabalaceae, originário da China e Japão, exibe flores de dois tipos, embora de igual formato, diferindo essencialmente no tamanho: as femininas têm pé longo; as masculinas, mais pequenas, podem ver-se ao centro na foto em baixo. Os cinco folíolos em cada folha dão o nome à espécie; Akebia deriva do japonês akebi.



P.S. Uma foto dos frutos da Akebia pode ser vista aqui.

5 comentários :

Anónimo disse...

Vocês enchem os muros de poesia! Tão lindas e humildes. lembro-me de há 40 e tal anos ter feito um
"Herbário" e andar pelos muros à procura destas belezas! EP

azuki disse...

é isso mesmo!

rabiscos naturais para muros urbanos, PRECISAM-SE!

;)

Manuela D.L.Ramos disse...

Olá EP e Azuki. Sabem onde há mais destas originais trepadeiras? Só vi as vi em dois locais: na Casa ou Solar do Souto, em S. Clemente (Concelho de Celorico de Basto)e na Rua da Boavista, no Porto, num jardim perto da entrada para um parque de estacionamento.
Vamo-nos manter atent@s para ver se "apanhamos" os frutos!

odete pinto disse...

Que excelente ideia! já tinha pensado na Era mas esta é mais original e pelos visto mais perfumada.

Como antídoto a um post no meu blog sobre os horríveis rabiscos, posso copiar este?
(fazendo referência à origem, claro)

Maria Carvalho disse...

Pode sim.