1.2.08

Roteiro de ninfas



Acmena smithii

Acmena deriva do grego akmaios que significa «no máximo vigor». Mas Acmenae é também outro nome para Afrodite, a deusa grega do amor que, como a palavra indica, nasceu da espuma do mar, filha de Zeus e Dione, a deusa dos carvalhos. E num banho de espuma é onde parecem estar mergulhados durante todo o Verão os espécimes de Acmena smithii: as inflorescências são paniculadas, as flores têm quatro ou cinco pétalas minúsculas e, como é usual nas mirtáceas, exibem numerosos estames em penachos. Esta exuberância alva e perfumada dá lugar no Inverno a mini-rabanetes suculentos, comestíveis mas ácidos, que mancham a árvore de roxo.

Das cerca de quinze espécies do género Acmena, nativas da Austrália e do sul da Ásia, a A. smithii (ali tratada carinhosamente por lilly pilly) é das mais rústicas, servindo mesmo como quebra-vento. No Porto há exemplares de grande porte no Palácio de Cristal, no Colégio de N.S. de Lurdes e no Jardim Botânico (foto em cima). A placa que identifica este último tem ainda inscrito o nome Eugenia smithii, designação que os cientistas revogaram em 1938: com excepção de uma, as espécies de Eugenia foram transferidas para os géneros Acmena, Acmenosperma, Syzygium e Waterhousea.

Sir James Edward Smith (1759-1828) foi botânico inglês, um dos fundadores da Linnean Society e autor da obra English Botany, em 36 volumes.

4 comentários :

lucia disse...

Ola Maria
Estou aqui on line e vejo chegar a lilly pilly; esta mirtacea chegou por aqui e vai muito bem onde tem umidade. Lindo o significado de Acmena,gostei de saber.
abcos.

Maria Carvalho disse...

Olá Lucia. Dizem que se a meninice for acarinhada, as Acmena smithii adultas resistem à seca e aceitam vários tipos de solos. Mais ou menos como as pessoas...

bettips disse...

...que bem o dizes...
Abçs

Anónimo disse...

CELSO: Há uma árvore, julgo que um Pinheiro Wollemi, plantado no Quartel da Pontinha em Lisboa,no jardim interior da 1ªCompanhia, é uma planta jovem, penso que não haverá muitos em Portugal...