12.5.11

Ansarina dançarina



Linaria saxatilis (L.) Chaz.

Dançarinas são todas as plantas herbáceas que o vento, esse inimigo dos fotógrafos, não pára de agitar. Não havendo pachorra para esperar uma pausa entre dois compassos, a solução é usar o flash para paralisar a frenética dança. Fica uma foto sem sombras e sem relevo, um mundo a duas dimensões arrepiado de luz, mas a planta fotografada ganha em nitidez o que perde em artificialidade. O vento soprava desatado no dia em que encontrámos esta ansarina num caminho rural em Paredes de Coura, e daí que, das três imagens acima, só uma tenha sido captada com luz natural.

Como indica o epíteto científico, a Linaria saxatilis gosta de rochas, mas também se contenta com o granito de um muro velho. É uma planta perene, pubescente, que faz brotar um grande número de hastes erectas ou prostradas, por vezes ramificadas, cada uma delas até 50 cm, rematadas por cachos de pequenas flores (até 18 mm de comprimento). Tem um período de floração longo, que vai de Maio a Agosto. Endemismo do centro e oeste da Península Ibérica que tanto se dá em substratos ácidos como básicos, em Portugal a sua ocorrência está registada em todas as províncias a norte do Tejo. Porém, sendo planta geralmente escassa, só no extremo norte do país se parece fazer menos esquiva.

3 comentários :

ZG disse...

Uma maravilha!!

Carlos M. Silva disse...

Olá
Vim aqui (ao lado,à família!) verificar se teriam aqui publicado uma Linária nova para mim (cá em Portugal,por que acho que já dei este nome a uma 'destas'!!!a caminho de Gredos!) e sim parece que sim.E pelo que vi no Flora-On tb parece que sim;mas este pequeno aglomerado de linárias é um que é 'santificado',num local mais perto de cá e de vós (e que no meu caso já deveria conhecer bem..se se desse o caso de já ter lá parado! em viagens que fiz,e no vosso caso também!); pois nem tanto ao Centro nem tanto ao Norte face ao que está no Flora-On.Mando e-mail.
A minha dúvida(?) terá apenas que ver com duas pequenas marcas vermelhas 'de sarampo' que apresenta na cabeça das que fotografei mas o que é isso,que não uma exuberância mais destas pequenas plantas?
Cumprimentos
Carlos M. Silva

Paulo Araújo disse...

Olá Carlos, e obrigado pelas fotos e pela indicação do local. Realmente a planta que viste deve ser a Linaria saxatilis, embora a flor tenha uma coloração diferente daquela a que estamos habituados. Mas, segundo a Flora Ibérica, essa espécie pode dar flores amarelas, cor-de-laranja ou vermelhas. Como se isso não fosse suficiente, também parece, por essa tua amostra, que ela gosta de combinar duas ou mais cores na mesma flor.