8.1.06

Beatriz e o Plátano de Ilse Losa

.
«A história de uma menina - a Beatriz - que todos os dias vê diante da sua janela um enorme plátano, de tronco grosso e copa farta. Para Beatriz, aquela árvore fazia parte da sua vida, tal como um bom amigo. Ora, certo dia, as autoridades decidem deitar o plátano abaixo, a pretexto de árvore tão antiga não se enquadrar na moderna paisagem que elas tinham planeado para a cidade. E é a determinação da Beatriz em defesa do seu "velho amigo" que acaba por dissuadir as ditas autoridades de levarem a cabo o seu plano.» Edições ASA

Amanhã, na Escola, já sei o que vamos fazer: ler este livro de Ilse Losa ou outro que as crianças escolham. Na nossa Biblioteca não falta nenhum dos que ela lhes dedicou. Será o nosso modo de participarmos também no último adeus 'à fada madrinha'.

1 comentário :

luis manuel disse...

E começa assim :
"Não posso dizer exactamente quando isto se deu, mas não deve ter sido há muito tempo. Passou-se numa cidade onde as pessoas se conhecem umas ás outras e tudo o que ali acontece se fica a saber."
e a Beatriz escreve :
"As senhoras autoridades decerto vão achar que eu tenho razão e, por isso, desistirão de deitar abaixo o plátano da Rua do Plátano..."
Nas nossas cidades, também não devemos ficar calados, quando se colocam situações destas.
Li e mantenho - mantemos, filha e pai, esse livro desde Out.1999.
Foi oferecido a ela, pela professora do 4º ano.
Um abraço