23.11.06

"Árvores espontâneas em Portugal"

A propósito do Dia da Floresta autóctone

No livro A Árvore em Portugal de Francisco Caldeira Cabral e Gonçalo RibeiroTeles, constam várias listas de espécies:1- Árvores espontâneas em Portugal; 2-Árvores não espontâneas tradicionais da paisagem portuguesa > ; 3-Algumas árvores características dos jardins portugueses; 4- Mais algumas árvores tradicionais e da paisagem portuguesa. Em baixo reproduz-se a lista do nome comum das consideradas espontâneas.
Aderno-de-folhas-largas
Amieiro
Azevinho
Azinheira

Bordo ou Plátano-bastardo
Carrasco
Carvalho-cerquinho
Carvalho-negral
Carvalho-roble ou Carvalho-alvarinho
Catapereiro
Cerejeira-brava
Choupo-branco ou Faia-branca
Choupo-cinzento
Choupo-negro
Choupo-tremedor ou Faia-preta
Freixo
Lentisco-verdadeiro ou aroeira
Lódão-bastardo

Loureiro
Medronheiro
Palmeira-das-vassouras
Pinheiro-manso

Salgueiro-branco
Salgueiro-frágil ou vimeiro
Sanguinho das sebes ou Aderno-bastardo
Sobreiro
Teixo
Tramazeira
Sorveira
Ulmeiro ou Negrilho

Vidoeiro ou Bidoeiro
Zambujeiro
Zimbro


Para a respectiva designação científica
consultar por ex. a Flora Digital de Portugal (Jardim Botânico da UTAD)
.

4 comentários :

manueladlramos disse...

Lista das Árvores não espontâneas tradicionais da paisagem portuguesa (in A Árvore em Portugal)

«Castanheiro
Cedro-do-Buçaco ou Cipreste-do-Buçaco
Cipreste
Figueira
Laranjeira
Limoeiro
Macieira
Nespereira
Nogueira-comum
Oliveira
Pereira
Pinheiro-bravo
Pinheiro-de-Alepo
Plátano
Tangerineira»


Ler no JN
Ribeiro Teles:Árvores tradicionais abandonadas

GPC disse...

Não posso crer que sejam tão poucas espécies.

GPC disse...

Ailanthus altissima...
devem faltar muitas.

Paulo Araújo disse...

A lista acima transcrita refere-se só às espécies autóctones e não às introduzidas (como é a Ailanthus altissima). Por outro lado, a segunda listagem, que a Manuela acrescentou em comentário, inclui aquelas espécies que, apesar de alóctones, têm usos tradicionais na paisagem portuguesa (como árvores de fruto, ou ornamentais, ou de arruamento).

Se o GPC souber de alguma espécie arbórea AUTÓCTONE que não esteja na lista (e não é impossível que ela exista), ficamos-lhe agradecidos.