2.8.05

Parece mas não é...

.


Há árvores, como por exemplo a alfarrobeira e a oliveira, possuídoras do que parecem ser troncos com formas peculiares, cordados, por vezes grossíssimos. Mas serão mesmo e apenas troncos?
Como explica Joaquim Vieira Natividade «a existência [...] de raízes aéreas concrescentes com o tronco, as quais partindo, de mamilos radicíferos formados em diferentes níveis, e com frequência na parte inferior da inserção das pernadas e outros ramos importantes, vêm a constituir "as cordas", ou nervuras características do fuste das árvores adultas.»
O autor esclarece também a função destas raízes aéreas e o seu papel na resistência destas duas espécies «não relacionadas filogeneticamente» às condições adversas de clima e de solo em que se desenvolvem. (Cf. Natividade, "O significado ecológico e fisiológico do sistema radicular aéreo da Oliveira (Olea europea L.) e da Alfarrobeira (Ceratonina Siliqua L.)", 1949


foto: Alfarrobeira no interior algarvio (Verão 2000)

1 comentário :

Anónimo disse...

Não é um comentário mas um pedido.
Um destes dias fale aqui dos sobreiros,da doença que os anda a matar.Todos os dias dou com mais um ou mais sobreiros que estão doentes.Desesperante não poder fazer nada!annie hall do outsider