18.8.05

Pingos-de-mel

Quando tiraste da cesta
Os figos que prometeste
Foi em mim dia de festa
Mas foi a todos que os deste.


Fernando Pessoa, Quadras (Assírio & Alvim, 2002)

1 comentário :

Ernesto disse...

muito bom, o poema e o trabalho em geral.


bom mesmo, e quando assim é, custa adjectivar.

Bom futuro
Ernesto