24.1.06

Flores-de-jade

.

É uma suculenta "vulgar de Lineu" do género Crassula (de crassus, em latim- suculento, gordo) termo que está na origem do nome da família Crassulaceae a que pertence. Mas nesta altura do ano de vulgar nada tem, coberta que está de delicadas e aristocráticas flores. Este exemplar encontra-se na entrada de um prédio da rua António Cardoso (onde fui visitar os freixos em flor) e foi a surpresa da manhã. O seu nome "vulgar" também não é muito usado. Eu pelo menos nunca ouvi chamarem-lhe "planta-jade", nem tão pouco "ensaião-branco"(cf. Portugal Botânico de A a Z). Mas nunca é tarde para aprender. Originária da África do Sul o seu nome científico é Crassula ovata mas também é designada por Crassula argentea e Crassula portulacea. (cf. Jim Mercier).
.

2 comentários :

Paulo Araújo disse...

Embora quase passe despercebida, essa planta, que também existe no canteiro das suculentas do Jardim Botânico do Porto, dá flores de uma delicadeza surpreendente. Aliás, e juntamente com as camélias, as suculentas são o espectáculo do momento no Jardim Botânico. Cada vez entendo menos como há tanta gente que só tem olhos para os jardins na Primavera.

Saullo Godim disse...

como é essa planta eu ja vi outra planta de jade totalmente diferente dessa;