11.8.06

Jardins do Lima

Em época de viagens e deslumbres de férias, há um recanto em Ponte de Lima digno de um passeio demorado: os jardins eruditos do Parque Temático do Arnado, da autoria de Francisco Caldeira Cabral e Elsa Matos Severino e inaugurados em 2001. São páginas recriadas da história da arte dos jardins, aqui impregnadas de ruralidade minhota. Mostram versões de:



1. Um jardim romano inspirado na Casa dos Repuxos de Conímbriga onde não faltam medronheiros, ciprestes, romãzeiras, limoeiros, vários pés de glicínia e herbáceas aromáticas. Sobre ele se comenta, na brochura editada em 2005 pelo Município, que «o pavimento em mosaico de calçada à portuguesa procura reflectir a influência que ainda, na prática actual, a cultura romana tem nas nossas tradições culturais.»



2. Um jardim barroco, onde predominam as roseiras, recheado de arbustos com floração abundante como as duas lagerstroemias da foto.

3. Um jardim labirinto, com o buxo metaforicamente disposto em socalcos, enigmático na evocação de várias lendas gregas sobre os caminhos para a sabedoria. No topo ergue-se um mirante perfumado por jasmins propício à reflexão e ao repouso.

4. Um jardim renascentista, com um guião para a organização do espaço de influência italiana. Pressente-se algum rigor na disposição e escolha das plantas, com realce para os belíssimos rododendros, amenizado por cascatas e jogos de água.

5. Um pequenino jardim botânico, com estufa de plantas raras, um horto de gramíneas e nenúfares no refrescante lago exterior.

Louve-se a manutenção cuidada e carinhosa deste jardim.

3 comentários :

Vera do Val disse...

Que interessante isso. Vcs não tem mais fotos? Postem-nas, por favor.Um abraço

Anónimo disse...

Parque do Arnado- CMde Ponte do Lima

BIGBEN disse...

Gosto muito deste blog, sempre gostei de Jardins e arvores. =)