23.8.06

Postal de férias


Spirea x bumalda

O jardim, convite à preguiça, exige trabalho infatigável.

Carlos Drummond de Andrade, O avesso das coisas (1987)

4 comentários :

Pedro disse...

Gosto muito do vosso "blog", penso que, entre outras coisas, partilhamos o amor pelas árvores, motivo pelo qual vou cometer a imodéstia de sugerir que visitem o meu "blog"... http://sombra-verde.blogspot.com/
Continuem o bom trabalho e a denunciar todos os casos de "podas camarárias"!

bettips disse...

Preciosidade de férias, preciosidade de flor
minúcia de olhar muitas coisas e ver o avesso de outras tantas.
Abç

António Viriato disse...

Sei de experiência própria que o jardim, qualquer jardim, exige trabalho, muito trabalho, na proporção da sua beleza. Mas ouso discordar do grande Drummond, quando afirma que ele convida à preguiça. Diria antes que ele, o jardim, nos convida a apreciar a Natureza, a desfrutar da Beleza, no seu estado puro. Perdõe-se-me a pretensão da observação, mas é algo parecido com isto mesmo que sinto, quando aqui venho visitá-los. Há muito que o faço, mas ultimamente de modo silencioso, sem deixar sinal. Deve ser para não perturbar tanta maravilha aqui reunida. Bem hajam.

annie hall disse...

Concordo , com a parte do trabalho...muito trabalho . Os jardins têm no seu inicio esse desejo imenso de parte de quem os imagina e vai fazendo , de um dia poderem preguiçar rodeados de beleza .
annie hall do outsider