5.9.06

Esteira
artesanato da tua empreita
percurso de ternura em fita estreita
uma por uma

artifício da tua urgência
onde a planta do pé primeiro assenta
e o joelho leva a breve imprensa
geométrica da renda

seca prisioneira
rescendes ao campo e aos poentes
às palmas e aos dentes
de quem assim te conformou e fez

extensa densa espessa
memória da trança de mulher
hábil na conversa de tecer
aspereza em paz da sesta

Teresa Balté
As Visões, Horizontes Portáteis, Inova Porto, 1977

1 comentário :

asn disse...

transcrição dum comentário/pedido de informação dum post de 2004 sobre faias e choupos:

Ora aqui está uma boa oportunidade para saber das diferenças visíveis entre choupos e faias.
Parece-me mais que choupos e faias é a mesma coisa.
Será assim?
...
Bem, tenho que colocar esta nota num post mais actual, já que hoje estamos a 5 de Setembro de 2006.
Obrigado
António