22.12.06

Do desconcerto do mundo



A foto foi tirada ontem de manhã no bairro de Vilar, no Porto, e mostra uma esguia Magnolia x soulangeana em plena floração. Ultrapassou as magnólias brancas e adiantou-se quase dois meses ao calendário habitual. É sinal de escassa modéstia enfeitar-se assim antes de chegar o ano novo; mas é também o mundo que está virado do avesso, e ela, coitada, mal sabe às quantas anda.

3 comentários :

MGomes disse...

Um Bom Natal e Feliz Ano Novo, sempre com muitas árvores por aí.

Anónimo disse...

Nem mesmo no Algarve, mais concretamente em Silves, onde conheço um pequeno exemplar desta espécie, a floração ocorre tão cedo; ela de facto está bastante adiantada. Já na Sombra Verde tinha chamado a atenção para as amendoeiras que começaram a florir em Novembro! São sinais preocupantes que a Natureza nos dá e que não são recentes...desde inícios da década de 90, quando os Invernos na Covilhã se tornaram nitidamente menos agrestes, com o quase desaparecimento de nevões, que as plantas começaram a florir mais cedo e as folhas a surgir mais cedo nas árvores.
O problema está no seguinte: e será que alguém verdadeiramente compreende a gravidade destes primeiros sinais das mudanças climáticas? Será, sequer, que alguém se importa? Não continuamos todos nós a fingir, no dia-a-dia, que este gravíssimo problema nada tem a ver com as nossas acções individuais?

aldina disse...

FESTAS FELIZES!

"A luta para manter a paz é infinitamente mais difícil que qualquer operação militar."
(Anne O'Hare McCormick)


Até sempre :-)