25.6.08

Carqueja-mansa


Cakile maritima

Os franceses, os mesmos que ensinaram o mundo a comer caracóis (embora ainda haja quem resista a experimentá-los), já provaram as folhas carnudas desta planta, e não se deram mal com a experiência. Fazem-nos saber que elas são picantes. Combinadas com os mesmos caracóis que costumam aninhar-se nas plantas dunares, talvez dêem um prato delicioso; fica a sugestão para proveito dos mais arrojados.

Não que o feito gaulês tenha sido dos mais temerários: afinal, a Cakile pertence à família da couve, do rabanete e do agrião, tudo plantas inofensivas que desde sempre tiveram lugar cativo na dieta humana. Mesmo que algumas plantas da família não sejam agradáveis ao paladar, venenosas não são, e até é provável que sejam nutritivas. Por isso tem alguma utilidade saber distinguir as crucíferas: se o leitor clicar na etiqueta Cruciferae ao fundo do texto, pode reconhecer, nos vários exemplos mostrados, a semelhança das flores, sempre com quatro pétalas dispostas em cruz e os estames agrupados ao centro em volta do estigma.

A Cakile maritima floresce de Junho a Setembro, apresenta flores brancas ou rosadas, e é espontânea nas dunas de toda a Europa, do Mediterrâneo ao Atlântico. Atravessou ainda o oceano para se instalar na América do Norte, onde a sua presença tanto a leste como a oeste é uma ameaça para a sua prima americana, Cakile edentula, que comunga com ela a preferência por habitats costeiros.

2 comentários :

Lucia disse...

Existe uma carqueja brava, seria a amarga? Pergunto, pois a carqueja amarga é comum no Brasil, mas confesso que não sei a origem da espécie...

Paulo Araújo disse...

Os nomes comuns só provocam confusão. Segundo o Houaiss, carqueja é a designação no Brasil de várias plantas do género Baccharis, da família das compostas, e a carqueja-amarga ou carqueja-amargosa também pertence a esse género. E no Brasil há também pássaros a que chamam carquejas. Em Portugal, carqueja é uma planta leguminosa (Chamaespartium tridentatum). Nenhuma destas plantas tem a mais remota relação com a carqueja-brava da foto. Não vi em sítio nenhum mencionada qualquer carqueja-brava.