26.6.09

Sono branco


Papaver somniferum subesp. setigerum

Continuamos com a revisão em branco da matéria dada. Sim, porque já antes explicámos as papoilas com algum detalhe; e, com o vigor que nos pareceu ajustado às circunstâncias, até denunciámos os efeitos da papoila-do-ópio na perturbação da ordem pública. Regressa agora a papoila-do-ópio, mas vestida de um branco que só não é inocente porque as manchas arroxeadas na base das pétalas nos fazem desconfiar de intenções menos puras.

A subespécie setigerum da Papaver somniferum está referenciada como espontânea em Portugal; um dos seus nomes comuns (segundo o Portugal Botânico de A a Z) é justamente papoila-branca. No entanto, as populações com flores brancas parecem ser mais abundantes nos Açores do que no Continente; por cá predominam as de flor cor-de-rosa. As papoilas das fotos foram avistadas há duas semanas na Serra dos Candeeiros, em local que a consciência cívica nos proíbe de revelar. (Bem sabemos como os nossos leitores têm sempre um comportamento responsável, e não é a pensar neles que adoptamos tal secretismo; mas com isto da internet nunca se sabe quem vem cá espreitar.)

2 comentários :

Joe disse...

I am sorry but Portuguese is not one of my languages so this will have to be in English.

The white P. setigerum is very interesting. Is there information about it in English? Are seed available for purchase?

Paulo Araújo disse...

This white poppy was photographed in its natural environment in central Portugal (Serra dos Candeeiros). I don't know of any plant nursery in Portugal that would sell either the plant or the seeds. (Indeed, it is remarkably difficult, or nearly impossible, to find in our nurseries or garden centres seeds for sale of most of our wild plants.)