16.7.06

A buganvília da Boavista

...avista-se de bem longe, mesmo quando não está acompanhada na sua "floração de papel" pelo jacarandá primeiro e depois, como é agora o caso, pelo eucalipto-de-flores-vermelhas.


Fotos © manueladlramos - clicar nas imagens para aumentar
Para além da sua dimensão assinalável, esta buganvília tem a particularidade de se apoiar num plátano e por ele subir, evidenciando nisso a sua verdadeira natureza de trepadeira.
Na visita efectuada a este local há exactamente duas semanas, ficámos a saber que o terreno onde se encontram- a buganvília e o plátano- e que é usado como parque de estacionamento, pertence ao Centro Condessa de Lobão, o que, dado o carinho e orgulho que nesta casa têm pelos jardins e pelas suas árvores, poderá contribuir para que sejam protegidos e escapem durante mais algum tempo a uma eventual voragem "requalificadora".
..

6 comentários :

Anónimo disse...

Que contente que fico por «ela» ainda aí estar! A última fotografia que dela tirámos já tem bastantes anos e receava que, entretanto, isso já tivesse tudo desaparecido. Mais uma boa prenda que me oferece... e eu cada vez mais em dívida!

Um abraço tripeiro cá da beira lago.

M.R.L.

bettips disse...

Todo esse quarteirão era belíssimo...com os jardins do Colégio dos Maristas e as flores a escorrerem para a rua. Glicínias cachos, acompamhei cada ano todos os matizes das estações. Ainda bem que algo sobrou e obg pela explicação sobre o espaço, que sendo privado, talvez sobreviva.

luis manuel disse...

#1 #2 #3 : Rosas para Santa Isabel

Que feliz visita ( todas são ricas, nestes dias-com-árvores ). No entanto, coincidir com a "procissão de imagens" e de boas descrições, agradou-me especialmente.
Também as citações.
E a referência quase simultânea a "passearporcoimbra" que fiz na página que esvrevo (pouco). Curiosamente admirável. Faço o convite a umas ligeiras palavras.
Uma história da rosa em livro.... uma fragância que nos dá o aroma do paraíso. Uma devoção da alma ao milagre da generosidade.
Fiquei muito contente em fazer deste dia, mais um dia com arvores.

Não termino sem referir o regresso, passado algum tempo, ao atento contributo para manter o acesso público ao jardim - que agora "quer" ser particular.
E as buganvílias, pois claro !!!

Um grande abraço

azuki disse...

obrigada pelas fotografias da buganvília e do plátano que eu adoro

sorrio-lhes, sempre que faço uma viagem ao supermercado para me abastecer de iogurtes e de tostas!

MaD disse...

Passei lá na minha recente visita ao Porto e achei-a um monumento. Foi muito apreciada e comentada por todos os que voltávamos de Serralves. Bem haja a quem a preserva.

solas_na_mesa disse...

tenho o prazer de trabalhar em frente desta buganvília... tenho acompanhado de perto os ciclos anuais de todo este conjunto. De realçar também as magnólias que existem nesse quintal, permitindo floração permanente.

Quem plantou o jardim da casa tinha sem dúvida muito bom gosto!

Ricardo
http://solasnamesa.blogspot.com/