6.8.06

Roubaram a alegria!


Impatiens "Celsia"

Uma das plantas do género Impatiens, não a que mostro acima, tem em português o singelo nome de alegria-da-casa (a da foto, tanto quanto sei, não tem nome na nossa língua). Assim, no mesmo passo em que justifico um título reminiscente dos poemas de Ary dos Santos, admito que o mesmo está incorrecto. Mas o tom de denúncia que tenciono dar ao texto é, julgo eu, digno do estro do malogrado poeta.

Ao contrário do que diz a voz do povo (aí já me afasto do meu modelo, que deu sempre razão ao povo), as pombas não têm culpa das redes que cobrem alguns canteiros públicos; ou, se alguma culpa têm por devorarem as couves que por vezes os ornamentam, não têm dela o maior quinhão. É que as pombas não roubam flores para levar para casa, e é por isso forçoso atribuirmos à (desonesta) acção humana as clareiras que surgem nos canteiros desprotegidos logo depois de serem renovadas as flores sazonais.

No Jardim do Carregal as flores do momento são essas da foto a que chamo alegrias para fins retóricos. Roubaram-nas, claro - embora com moderação, para que ao longe não se notasse o desfalque. Se as flores se chamassem tristezas também as teriam roubado, pois estes ladrões não são de esquisitices.

5 comentários :

Anónimo disse...

Neste caso não roubaram a alegria... Levaram foi um bocadinho da alegria para casa.
Pois deixe que lhe diga é sempre muito bonito ver um jardim com flores para nos alegrarem os nossos calmos passeios ou neste caso alegrar a nossa calma vida.

bettips disse...

Os pobres portugueses ...aposto que nem foi nenhum "pobre" que fez isso... E meu amigo a "alegria da casa" era dantes, agora é mais a televisão. Fogo de artifício de bombas: "desde que não seja no meu quintal" ... Os nossos olhos vêem coisas bem diferentes! Por isso, esta indignação. Abç

Vera do Val disse...

As impacien são lindas e alegram qualquer jardim. Sabem como são chamadas no Brasil? De " Maria sem vergonha". Pq "dá" mais que chuchu na cerca.
Um abraço

Vera do Val disse...

Ops Impatiens

Flor disse...

Na verdade o nome dela aqui no Brasil é "Beijo" ou "Beijinho", Maria-sem-vergonha é outra flor!



Maria sem vergonha



O nome científico dela já diz muito a seu respeito: impatiens, que significa impaciente. Realmente esta espécie se alastra com muita rapidez e suas sementes saltam facilmente de suas cápsulas
Existem algumas plantas que são chamadas de Maria-sem-vergonha, mas as principais são as impatieus bolsamina e a impatieus walleriana.
A balsamina é originária da Ásia e a walleriana, originária da África. Produzem flores em várias tons de rosa, vermelho, laranja e branco.
Conhecidas também como beijo, são plantas rústicas que gostam de umidade, e adaptaram-se muito bem ao Brasil. Devido à facilidade com que aparecem e se propagam receberam o nome de Maria-sem-vergonha.
Porte: herbácea de até 60 cm.
Flores; quase o ano inteiro
Propagação; por sementes e mudas
Gostam de sol e meia sombra, clima quente e úmido, e precisa de proteção contra ventos.

para ver uma foto entre no link:http://www.universodasflores.com.br/app/usr/texto.screen?id=flormariasemvergonha