15.8.06

Uma senhora oliveira em Guimarães



O Museu de Alberto Sampaio, no centro histórico de Guimarães, ocupa a antiga Casa do Cabido da Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira, e estende-se ainda pelo claustro e por todas as salas anexas; a Igreja de Nossa Senhora da Oliveira, porém, permanece reservada ao culto religioso e dispõe de entrada independente pelo Largo da Oliveira. O claustro, que na sua forma actual poderá datar do século XVI, rodeia parcialmente a igreja, de que a divide um pátio ajardinado de formato irregular onde vegetam algumas árvores. De entre elas, muito apropriadamente, a mais notável é uma oliveira - que de tão alta se avista até do exterior, espreitando por trás da fachada do museu. Os séculos não lhe pesam como às velhinhas oliveiras de Serpa, e a vida resguardada que sempre levou dotou-a de um porte e um vigor admiráveis.

Sem comentários :