15.3.08

Flor-do-vento

Hoje o valkirio faz um ano. Já usa borzeguins e risca ao lado, chega às flores mais altas e passeia pelos jardins sem se segurar à nossa mão. Parabéns.


Anemone coronaria

....Antes do teu olhar, não era,
....nem será depois - primavera.

Cecília Meireles, Mar absoluto e outros poemas (1945)

3 comentários :

lucia disse...

Deve ter deixado suas mãos, pois andou segurando as mãos de outros! Belas as flores, a homenagem e a eterna poesia de Cecília Meireles!

Maria Carvalho disse...

Lúcia: Como é frequente com as crianças que enlaçamos com a mão, muitas vezes fomos nós que seguimos o valkirio pela floresta. Por isso aprendemos tanto neste ano.

Paulo disse...

É tão bom receber flores e estas são lindas. Obrigado.
Mas agradeço principalmente toda a ajuda que tem sido dada ao valkirio. Ele precisa de continuar de mão dada, não vá perder-se pelos caminhos tortuosos da floresta.