10.5.05

O último a florir



Fotos: pva - 0505 - Prunus lusitanica - Palácio de Cristal, Porto

A maioria das espécies do género Prunus é de folhagem caduca e floresce no início da Primavera: é o caso das amendoeiras e das cerejeiras, pretexto para excursões sazonais em muitos países do hemisfério norte. O azereiro (Prunus lusitanica) tem folha perene e a sua floração, não tão vistosa como a dos seus primos mais afamados, ocorre em Maio. Como já observou o amador da natureza, esta pequena árvore, afinal uma das poucas nativas do nosso território, é inexplicavelmente rara em jardins portugueses.

Uma espécie congénere também de folhagem perene, Prunus laurocerasus, comummente chamado loureiro-cerejo, costuma florir em Março; e, apesar de exótica (nativa dos Balcãs), é muito vulgar nos nossos jardins. As suas folhas são grandes, de margens lisas, o que a distingue do azereiro, com folhas mais pequenas e de margens recortadas. Ambas as espécies têm flores brancas, pequenas, agrupadas em cachos ao longo de hastes mais ou menos verticais.


Fotos: pva - 0503 - Prunus laurocerasus

1 comentário :

JG disse...

O que se aprende nesta página. Obrigado a todos.