20.5.05

Quando for grande quero ser uma almofada



Resultado de fecunda colaboração inter-bloguística, eis como estavam há duas semanas as seis pequenas corísias amarelas nascidas no Porto de pais moradores no Largo Dr. Passos Vella, em Cascais. Embora minúsculas e frágeis, já ficam apertadas no berço - pois quem as semeou não esperava tamanho sucesso na germinação.

Procuram agora famílias de adopção que as queiram acolher em terreno amplo e fértil. Têm já projectos para o futuro: querem encher muitas almofadas com a paina macia dos seus frutos.

7 comentários :

Alexandre Leite disse...

Terreno amplo não tenho, por isso coloco-me já no fim da lista. Se sobrarem algumas gostaria de a ter em vaso. (Tenho bastantes espécies arbóreas em vaso, desde castanheiros, pinheiros, magnólias a gingkos).

Já vi dessas árvores numa das ruas principais da Costa da Caparica (imagino que sejam essas porque o tronco é bastante fora do comum) e também no Jardim Botânico do Porto. Não faço é a mínima ideia da cor das flores.

Filipe disse...

Parabens pelo sucesso. Na falta de espaço é uma boa árvore para fazer um bonsaihttp://bonsaimania.com/bonsai_fichas/chorisia_speciosa.htm

Anónimo disse...

Não encontrei a árvore no Royal Horticultural Society A-Z Encyclopedia of Garden Plants. Tinha outra a Corisia speciosa, que se for indicador, diz que é sensível ao frio e geadas.
Podia adoptar estes belos exemplares, mas não queremos árvores que exijam cuidados especiais. Parabéns pela sementeira, eu não consigo manter a maior parte das árvores vivas durante muito tempo. -- JRF

Anita na Internet disse...

Oh pá, e eu que só tenho uma para amostra... mas tenho esperança de que da segunda sementeira ainda se aproveite alguma coisa. Gosto tanto de ver a casca da semente pendurada nas folhas.

Paulo Araújo disse...

Tomei nota de todas as encomendas e sugestões. Obrigado, Filipe, pela ideia do bonsai. Se calhar é mesmo esse o futuro de um ou dois dos rebentos. Sei que as corísias preferem os ares de Cascais, mas aqui no Porto há algumas que se vão aguentando. Ana, tens muita sorte em poderes ver essas árvores a dar fruto, e foste muito generosa em partilhar a tua sorte connosco. De certeza que a próxima sementeira te vai correr bem. Já experimentaste mandar as sementes a ti própria pelo correio? Pode ser que o segredo esteja nas misteriosas propriedades tonificantes dos armazéns dos CTT...

Anónimo disse...

gostaria de ter umas sementes de chorisia. Será que alguém me poderia ceder algumas ou plantas jovens

Anónimo disse...

moro em Cascais mas tenho uma casa na Lourinhã e há muito tempo que ando à procura de uma chorisia para plantar no meu terreno na Lourinhã, mas só encontro árvores muito grandes. Gostaria de ter algumas sementes para tentar a germinação ou plantas jovens. Haverá alguém que me posa ceder umas sementes