7.10.05

Jardins do Luxemburgo - fim de tarde

.

.

Dias compridos, longos fins de tarde luminosos até ao cair da noite ... são alguns dos encantos do Verão que deixam saudades.
"Folheando" o album de férias tornei a deliciar-me com as imagens dos jardins e parques da capital francesa onde, muito rapidamente, um novo tema se impôs à minha voracidade fotográfica: cenas de leitura. Por todo o lado e em qualquer parte se vêem pessoas mergulhadas em livros.
Aqui no Jardim do Luxemburgo, ao fim da tarde, em redor do "parterre" principal e a dois passos da Fonte de Médicis, o espectáculo encenado em todos os espaços verde parisienses reproduzia-se: pessoas a ler e a contemplar as flores!

6 comentários :

Ver disse...

Vivi algum tempo em Paris e posso lhe dizer que passei muitos fins de tarde no jardim do Luxemburgo, setia verdadeira necessidade de contemplar... Lembro-me que na altura atribuia essa necessidade à falta do mar, nós cá sempre vamos vendo o mar talvez por isso não temos tanta necessidade de flores.
rosa

António Viriato disse...

Este jardim tem de facto uma magia singular. Não é exuberante em coisa nenhuma, mas tem qualquer coisa de especial que nos encanta. Será por estar tão dentro da cidade ? Será pela sua sobriedade ? Será pela predominância, entre os seus frequentadores, da juventude universitária, ali da próxima Sorbonne ? Será por ser em Paris ?Confesso que não sei explicar... Oh, quelle joie, quelle tristesse...

Anónimo disse...

Sim, parece que tudo pára quando estamos ali... e esquecemos que estamos num país diferente, com uma cultura diferente... e ficamos nós e a natureza que nos invade e nos faz sentir, de novo, em casa...

Zica Cabral disse...

Nunca fui Paris (mas ainda não perdi a esperança) mas é das coisas que mais me repousa é estar num jardim e ler um livro. Aqui em INglaterra é uma delicia a começar pelo meu proprio jardim e a vista que dele disfruto, o "clif", o Mar e o campo com este verde especial que ´so há mesmo aqui na Ilha de Wight

Cleuza disse...

Estive nestes dias (julho 2008) em Paris e visitei dentre outras coisas o Jardim de Luxemburgo. Aquele lugar não deverá sair mais de minha memória....encantador...Os cuidados, a limpeza, a tranquilidade que nos transmite é só vendo para acreditar.Passei uma tarde muito agradável e espero poder voltar.

Anónimo disse...

Esse jardim é simplesmente surreal. Extremamente encantador. Ali, parada, sentada, vc pode observar o verdadeiro estilo francês: calmo, contemplativo, culto e, principalmente, respeitoso. (com tudo, com as flores, com as frutas, com as pessoas). Ah! sem falar nos lanchinhos com as inesquecíveis baguetes.