11.4.06

Flores de caracóis

Dir-se-á que quase todas as espécies que aqui trazemos têm origem australiana - mesmo falando-se pouco de eucaliptos. As preferências da horticultura portuguesa do século XIX e a exuberância da floração de muitas das plantas australianas explicam este predomínio. A Grevillea juniperina é um arbusto natural de New South Wales, no sudeste da Austrália, que aprecia solos arenosos. Tem folhas que são agulhas como as do zimbro (Juniperus communis), daí o epíteto específico; as flores não têm pétalas mas exibem periantos encaracolados que se esticam para expor os estames.

O nome do género, com mais de 250 espécies de que a mais frequente entre nós é a Grevillea robusta (muito usada na arborização das zonas de serviço em auto-estradas), homenageia Charles Francis Greville (1749-1809), um dos fundadores da Horticultural Society of London, hoje Royal Horticultural Society.

Os exemplares das fotos são do Parque Biológico de Gaia e da Quinta de Sto. Inácio.



Grevillea juniperina - variedades com flores amarelas e com flores vermelhas

10 comentários :

manuela disse...

Estão agora em flor?

Filipe disse...

Na Auatralia e Nova Zelândia existem muitas zonas com clima tipicamente mediterrâneo, daí um maior número de espécies que vêem dessa zona se adaptem bem no nosso clima, isso mais o sentido estético que plantas dessa zona nos oferecem.

Maria Carvalho disse...

Estão em flor agora. A G. robusta só se alindará em Junho-Julho.

Anónimo disse...

Quer uma boa foto desta planta?
Fiz uma sebe virada a norte que est´´a sempre cheia de flor durante Janeiro/fevereiro, voltando a ter flor no fim do verão.Mas um outro conjunto que plantei viradas a nascente dão flor agora tb.Estas estão em flor ao mesmo tempo que as budeleias ,resultando um conjunto muito bonito.
Se quiser a foto/s diga .annie hall do outsider

Maria Carvalho disse...

Gostaríamos de ver fotos dos seus arbustos de Grevillea. Obrigada pela oferta.

tina disse...

Faltou dizer qu esta flor de caracóis tem um cheiro indescritível. Um misto de doce com natureza selvagem, pinhal, sol, quente...
Para mim este é O cheiro.

PS - Pensei que esta flor fosse completamente selvagem e nem se reproduzisse como ornamental. As coisas que eu aqui descubro...

Dalconte imóveis disse...

Suas flores são melíferas? Pássaros beija-flores à procuram? Qual cor para esses pássaros mais os atraem?

Miguel disse...

Que tipo de solo e quantidade de água é indicado para a grevillea juniperina.

Maria Carvalho disse...

Diz a enciclopédia Garden Plants, da Royal Horticultural Society: Under glass, grow in lime-free (ericaceous) compost, with added grit, in full light. When in growth, water freely and apply a low-phosphate liquid fertilizer monthly. Water sparingly in winter. Outdoors, grow in acid to neutral, moderately fertile soil in full sun.

O Garcia do Outeiro disse...

Nom sabia que a Grevillea juperina tinha um nome em galego-português (flores de caracóis). A sua entrada foi-me muito útil. Abraço desde a Galiza.