5.4.06

Visita à Quinta de Santo Inácio

Campo Aberto - Ciclo Jardins 2006
Visita guiada aos jardins e bosque da Quinta de Santo Inácio de Fiães
Avintes, Vila Nova de Gaia
Sábado, 22 de Abril - 14h30
Inscrição prévia obrigatória pelo endereço electrónico paraujo(at)fc.up.pt
Limite: 40 pessoas


Azáleas na Quinta de Fiães - 10 de Maio de 2005

A Quinta e a Casa de Fiães datam possivelmente do século XVIII; já em 1789 são mencionadas na famosa Descrição da Cidade do Porto do Padre Agostinho Rebello da Costa. Propriedade da família van-Zeller a partir do último quartel de setecentos, a Quinta está ligada à história da horticultura portuense desde Francisco van-Zeller (1774-1852), responsável pela introdução oficial, entre 1808 e 1810, das camélias no nosso país, trazidas justamente para a Quinta de Fiães, onde ainda hoje podem ser admiradas.

Além das camélias, os jardins de Fiães, exemplarmente recriados há poucos anos aquando da abertura da Quinta ao público, incluem roseirais e mixed-borders no jardim formal e, no jardim romântico, uma grande colecção de azáleas e rododendros, que estarão no auge da floração por altura da nossa visita. A mata tem bonitos carvalhos, tulipeiros, azevinhos, azereiros e outras folhosas, pinheiros-mansos bicentenários e um denso sub-bosque de camélias, todas elas plantadas no século XIX ou descendendo dessas pioneiras. Na transição entre o jardim romântico e o bosque destacam-se alguns raros eucaliptos monumentais plantados por Roberto van-Zeller (1815-1868), entre eles um dos maiores Eucalyptus obliqua do nosso país.

Sem comentários :