14.1.05

Eucaliptos monumentais na Quinta de Fiães (Gaia)

.

Fotos: mdlramos 0312 ...Eucalyptus amygdalina e Eucalyptus obliqua
Os jardins do Solar Van-Zeller na Quinta de Santo Inácio de Fiães (em Avintes- Vila N. de Gaia) foram mencionados ainda há pouco tempo a propósito de um incomum exemplar de craveiro-da-Índia que lá se pode encontrar. Quando tirei estas fotografias, não o conhecia, e as únicas árvores desse local sobre as quais sabia alguma coisa, para além das camélias, eram os seus eucaliptos monumentais, nomeadamente da espécie E. obliqua.
,
Mais uma vez a fonte de informação tinha sido o livro Árvores Monumentais de Portugal (1984), de Ernesto Goes que escreve o seguinte:
«E. obliqua- O nome botânico resulta do formato das suas folhas, que são acentuadamente oblíquas. É originária da Tasmânia e Austrália. É uma espécie algo difundida no País em Parques e Jardins, atingindo por vezes dimensões invulgares. Por outro lado é uma árvore muito bonita não só por ter um tronco cilíndrico e muito direito e despido de ramos até grande altura, com casca fibrosa castanha clara, como também por ter uma copa densa de folhagem verde escura.
(...) Eucaliptos da Quinta de Fiães, em Avintes- há a assinalar o maior eucalipto desta espécie, com 45 metros de altura, e um tronco de 7, 10 m. de P.A.P. completamente despido de ramos até 16 metros de altura, com um volume de madeira de 63 m. cúbicos. Há ainda a referir um outro E. obliqua de grande porte. Julga-se que estas árvores foram plantadas em 1912 de sementes provenientes da Austrália.»
.
Relativamente ao eucalipto maior- actualmente com um perímetro de 8,15 m e uma altura superior a 50 metros- a cuidada brochura editada pela própria Quinta de S. Inácio em 2002, intitulada Os Jardins e os Bosques da Quinta de Stº Inácio de Fiães, sugere que a sua plantação terá sido muito anterior, tendo ocorrido em 1870.
.

4 comentários :

Luís Aguiar-Conraria disse...

Posso estar enganado, mas acredito que os maiores eucaliptos da Europa se encontram na Mata Nacional de Vale de Canas en Coimbra.

manueladlramos disse...

Eu tb tenho essa informação (a fonte continua a ser o livro do eng. Goes) e ando há anos (!) para ir visitar esses eucaliptos. Os mais altos, que agora já devem ultrapasar os 70 metros de altura são dois E. globulus e um E. diversicolor . Este último, será pois " a árvore mais alta da Europa e do País" e está situado no "fundo do vale".

Francisco disse...

Também pede meças o eucalipto da casa da Botica, em Abragão, concelho de Penafiel.

José disse...

Já que vai ver o eucalipto à Casa da Botica, não perca o Quercus Roble da Casa de Ribaçais, um dos maiores exemplares de Portugal.