1.9.06

Desta laranja não comerei



Maclura pomifera

Só com muita boa vontade é que estes frutos, de 10 a 14 cm de comprimento, fazem lembrar laranjas; mas Osange-orange, ou laranjeira-dos-Osages em tradução livre, foi o nome dado a esta pequena árvore nos EUA, de onde é originária. Os Osages e outros povos indígenas da América do Norte usavam a madeira, duradoura e de boa qualidade, para fabricar canoas; actualmente ela é empregue em postes e em travessas de madeira para ferrovias.

Ocasionalmente, a Maclura pomifera apresenta espinhos nas axilas das folhas, que são simples, pontiaguadas e alternadas. Única espécie do seu género, pertence à família Moraceae, que inclui as figueiras (género Ficus), as amoreiras (género Morus) e as tropicais jaqueiras (género Artocarpus); e é com o fruto desta última que a nossa pseudo-laranja mais se parece. Os frutos permanecem na árvore quando ela se despe no Outono; enquanto não caem, produzem um efeito ornamental digno de se ver.

As fotos foram tiradas no Jardim da Sereia, em Coimbra, onde, na parte superior, em volta do lago circular, existem vários exemplares de Maclura pomifera, alguns de idade avançada. Também no Jardim Botânico de Coimbra ela está representada perto da entrada das estufas. Vale a pena ir agora espreitar-lhes os frutos - embora, por não serem comestíveis, não os recomendemos para compotas.

Sem comentários :