21.2.07

Cebolinhos


Ornithogalum caudatum

As janelas dos que a tempo plantaram os seus bolbos estão agora coloridas por belos jacintos (Hyacinthus orientalis) cor-de-rosa, roxos ou brancos, plantas com folhas basais espessas e inflorescências cilindricas de numerosas flores perfumadas. De floração temporã e duradoura, muito apreciada na Europa, os jacintos vieram com as tulipas da Turquia no século XVI. Nas nossas hortas em descanso aparecem duas irmãs menos famosas, nativas da região mediterrânica e cuja folhagem suculenta é bom substituto dos aspargos: a Ornithogalum caudatum, herbácea rizomatosa que aprecia o frio e cujas flores brancas, com uma pincelada verde no dorso de cada pétala, se arranjam em espigas erectas como caudas de gato; e a Ornithogalum arabicum, conhecida como pérola negra ou estrela-de-Belém, de folhas ensiformes e inflorescências em corimbo de flores com um centro escuro.


Ornithogalum arabicum

Outra hyacinthaceae

4 comentários :

Filipe disse...

Não tenho a certeza, mas o nome vulgar, aqui em baixo, é bordões de S. José. Quando os meus florirem, tento tirar as dúvidas.

Filipe disse...

Um pedido de um leitor assiduo. Porque não utilizam a nova facilidade do blogger e criam um index aos post?

manueladlramos disse...

Tens toda a razão.
Já comecei na Magnólia da Ínsua e vou aos poucos "etiquetar" os meus posts.

Já agora: O bordão de S. José não me parece ser esta planta, mas logo confirmarás.
Abtaço

aldina disse...

Uma janela florida para assistir ao entardecer sobre o rio e uma boa sombra de árvore em pleno dia de sol no verão é a certeza do paraíso bem perto de nós!

Até sempre