18.9.07

À atenção dos odoricultores (e não só)


Camellia sasanqua

Sem a presença solene do Ministro dos Jardins ou do Secretário de Estado das Flores, e sem que o assunto merecesse a mais breve menção nos orgãos de comunicação social do país, teve lugar, num dia incerto da semana passada, em vários jardins do norte e centro de Portugal, a abertura do Ano Floral de 2007/2008 para as Camélias e todos os seus Admiradores.

Quem já nos frequentou em anos florais transactos sabe que, para nós, há as camélias e o resto, havendo mesmo quem afirme (com a réstia de verdade que a caricatura sempre contém) que o resto é só pretexto para mantermos a loja aberta à espera delas. A primeira camélia a florir, infalivemente em meados de Setembro, é a sazanka - nome japonês da Camellia sasanqua, que se distingue das japoneiras pela folhagem mais miúda e pelo perfume rude e intenso das suas flores. Eis alguns lugares onde as pode ver e cheirar: no Porto, na Casa Burmester e no Parque de São Roque; mais a norte, em Amarante, no Parque Florestal; e mais a sul, em Viseu, no jardim do Paço dos Bispos.

11 comentários :

Francisco Rocha Antunes disse...

aqui está um exemplo do que poderia ser um elemento do calendário turístico do porto : a abertura da época das camelias

a.mar disse...

A minha cameleira ainda tem os botãozinhos muito pequenos, ainda não abriu a época aqui no meu jardim em Torres Novas.
Beijinhos e bem hajam pela menção a esta abertura floral!

bettips disse...

Prontos...cabeça no ar até, sei lá, pelos meses fora. Porque sim, há as camélias...e o resto. Paixões salubres. Abç

Paulo disse...

E eu que estava no Porto e perdi o evento! Parece que tenho de inventar um dia para poder ir vê-las e cheirá-las.

as-nunes disse...

Já ando à procura dessas florinhas de camélias.
Tenho-as andado a confundir com as Japoneiras, com toda a certeza.
As minhas, lá de casa, ainda estão em botão. Tenho que ver se descubro os seus nomes científicos. Neste momento nem do nome popular me lembro! ...
Talvez logo quando chegar a casa!
António

miguel disse...

estive no há duas semanas, mas não vi cmélias floridas:lá tenho eu que arranjar uma "desculpa" para ir ver as camélias..E que belas camélias tem o Porto!

Maria Carvalho disse...

Falta de atenção ou nariz constipado... Em Villar d'Allen há sobretudo camélias japónicas, cuja floração ainda não começou, mas está lá também uma camélia sasanqua de flor branca dobrada que não lhe deveria ter escapado...

Pereira disse...

Gostava de postar a foto da minha yuletide, mas não sei como faze-lo.

podem ajudar?...
Obrigado

Paulo Araújo disse...

Caro Pereira:

Tem que ser mais claro sobre aquilo que pretende. Quer mostrar-nos a sua foto? Se assim for, nós agradecemos (pode enviá-la para dias-com-arvores(at)sapo.pt). Quanto a publicá-la num blogue, isso não tem qualquer dificuldade (desde que o blogue seja seu), e pode até fazê-lo directamente do Blogger.

Pereira disse...

Sr. P. Araújo,

Enviei mail com imagens directamente para a sua caixa se correio.

Gostaria de colocar a seguinte questão à M. carvalho:

Tenho uma camélia japónica cuja flor está já totalmente aberta. É normal?

Obrigado.
P.

Pereira disse...

Sr. P. Araújo,

Enviei mail com imagens directamente para a sua caixa se correio.

Gostaria de colocar a seguinte questão à M. carvalho:

Tenho uma camélia japónica cuja flor está já totalmente aberta. É normal?

Obrigado.
P.