23.12.04

Alternativa -Colar aromático

Ainda faltam algumas prendas? Não tem pachorra para ir para o meio da confusão?
Então faça como eu: dê um salto ao eucaliptal mais perto. Sinta o aroma balsâmico! Os eucaliptos estão em flor e o chão encontra-se atapetado pelos frutos que caíram das árvores, a maior parte deles sem o opérculo característico. Apanhe uns tantos, mas tenha cuidado em escolher os verdinhos e maleáveis.
.
Fotos: mdlramos 0412 - Eucaliptus globulus- Parque da Cidade (Porto)

..
.
Agora vai precisar de uma agulha grossa, de uma linha resistente, de um dedal e de uma tesoura. Se levar este material consigo, tanto melhor, se não, fica para TPC.


.
Espete a agulha na parte central dos frutos e, apoiando a ponta verticalmente, empurre com o dedal. A agulha entra facilmente: pode enfiar muitos frutos ou poucos, entremeando ou não com alguns opérculos, dando nós, enfim... a possibilidade das variações depende da imaginação, do material disponível e do tempo. Mas mesmo um colar simples já produz um belo efeito, exala um perfume divino e faz uma prenda apetecível! Eu adorava que me dessem um! (Já que vou oferecer os que fiz...)

Se o seu eucaliptal mais à mão é o do Parque da Cidade do Porto, e se ainda assim não tem as prendas todas, pode sempre passar pela Loja do Comércio Justo situada no Núcleo Rural do Parque. Ao menos aí gasta o seu dinheiro, em princípio, de uma forma mais justa e solidária.

11 comentários :

Torquato da Luz disse...

Perto da minha casa não há qualquer eucaliptal e, infelizmente, estou a centenas de quilómetros do Porto. Mas não me canso de ver os vossos "posts" diários, para iludir as saudades...
PS - Tenho no meu blog um "link" para o vosso. Ficaria encantado se houvesse reciprocidade, desculpem lá a ousadia...

Carla de Elsinore disse...

beijinhos e bom natal para todos.

asa disse...

Boa tarde!

Estou na biblioteca do Palacio Galveias.

Estive no paraiso lisboeta, a Gulbenkian. Foi la´que apanhei os seis frutos de eucalipto que tenho no bolso.

Apanhei-os apenas para deliciar os pulmoes. Agora, 30 minutos depois, encontro aqui a sua sugestao. Obrigada! Na proxima visita ao Oasis apanharei muitos frutos de eucalipto. Os suficientes para por em pratica a sua sugestao.


PS: Um dia destes rumo ao Porto. E vou ver as Cameleiras!

manueladlramos disse...

Caro TSLZ, já incluímos o link para o Dia a Dia que aliás estava na agenda! (Sinto uma particular afinidade pelos seus textos sobre lugares que me são queridos aí do Sul).

Carla: Bom Matal de nosoutros para ti também!

Maria Carvalho disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Obrigado pela ideia que, com a devida vénia, vou difundir. Bom Natal. Olima - ondas.blogs.sapo.pt

manueladlramos disse...

Maria, I've got one for you (but yesterday it was not ready...;-)

Anónimo disse...

Tu tens cada ideia, Manuela! ;)
Votos de um Feliz Natal e de um Novo Ano cheio de saúde - e com muitas, muitas árvores para descobrir. :)
DK

Paulo Araújo disse...

Olá Ver,

E seja muito bem-vinda ao Porto. Esta é mesmo a altura ideal para ver camélias, e o melhor lugar para começar é o jardim do Palácio de Cristal (que merece a visita por muitas outras razões). Mas não se esqueça de ir também à Casa Tait (que é mesmo ao lado do Palácio), ao Jardim Botânico e ao Parque de S. Roque.

manueladlramos disse...

Boas Festas DK para vocês também. (Se a tua amiga V. sempre vier ao Porto dêem-me uma apitadela ;-)

bea disse...

Acho esta ideia extraordinária: ir passear a um eucaliptal. E depois, se apetece, apanhar o material para o colar.
Confesso que as minhas amigas não gostariam de cheirar a eucalipto. Iam cheirar a Vick :) na nossa memória Vick liga-se a doença.

E obrigada pela sugestão...

Há ainda muitos natais à nossa espera :)
Há-de haver