14.3.08

Clivia miniata



Clivia miniata

Os narcisos são das primeiras flores a mostrarem-se em cada ano, mas a planta que dá nome à família a que eles pertencem é a sul-africana Amaryllis, que por cá só desperta no final do Verão e é especialmente abundante nas ilhas açorianas. Como plantas bolbosas que são, a maioria das amarilidáceas passa anualmente por um período de dormência, em que a parte aérea da planta desaparece por completo. Não é porém esse o caso da também sul-africana Clivia miniata: as folhas mantêm-se de ano para ano, e a planta só começa a florir ao terceiro ano de vida. Por ser delicada e não suportar temperaturas baixas, talvez só no sul do país e nas ilhas seja possível cultivá-la ao ar livre. Dando-se o caso de ela florir melhor quando mantida em vaso, é boa ideia guardá-la em local protegido durante o Inverno e trazê-la para o exterior nos meses amenos. Os cachos de flores cor-de-laranja encimando a folhagem em leque têm impacto visual garantido: o vaso em cima, fotografado sob o alpendre duma pequena casa rústica na Quinta da Aveleda, enche de cor todo o espaço à sua volta.

2 comentários :

lucia disse...

As clivias não se dispersam muito são flores raras, delicadas e intensas como estas imagens!

borboleta79 disse...

eu tenho uma comprei em vaso, há cerca de mês e meio a dois, já floriu e já perdeu as flores que devo fazer para florir de novo, corto as pontas?