8.6.11

Viola da Estrela



Viola langeana Valentine

Nome vulgar: violeta de Gredos (em castelhano; em português não há nenhum nome registado)
Ecologia e distribuição: endemismo peninsular, ocorre em urzais e terrenos pedregosos, em altitudes dos 600 aos 1900 metros, na metade oeste do Sistema Central ibérico
Distribuição em Portugal: Serras da Estrela e da Malcata (Franco, Nova Flora de Portugal, 1971)
Época de floração: Março a Agosto
Data e local das fotos: Maio de 2011, perto da Lagoa Comprida - Serra da Estrela
Informações adicionais: apesar da sua pequenês (as flores têm de 1 a 1,5 cm de diâmetro), a planta (que é, sem favor, a mais bonita do seu género em Portugal) é fácil de encontrar na Serra da Estrela, por exemplo ao longo da estrada de Seia para as Penhas da Saúde
Adenda: correcção sobre a distribuição desta planta em Portugal; o Plano de Ordenamento da Reserva Natural da Serra da Malcata destaca-a como espécie rara e propõe a sua inclusão no Livro Vermelho da Flora de Portugal Continental

4 comentários :

Francisco Clamote disse...

Obrigado pela dica sobre a localização. A espécie é, na verdade, uma formosura.

Maria Carvalho disse...

Os traços nas pétalas parecem marcas de horas num mostrador de relógio, entre as 3h e as 9h...

Na serra do Açor, vimos há dias um híbrido de V. arvensis e V. kitaibeliana que é igualmente formoso - mas a flor é diminuta.

Maria da Luz Borges disse...

Linda! Adoro!!!

Fátima Isabel disse...

Na Madeira temos, em altitudes elevadas, a Viola paradoxa igualmente de flores amarelas e igualmente bonita.
Parabéns pelo blog. Talvez não tenham tantos comentários como na fase das árvores, mas saibam que há uma maioria silenciosa à vossa espera todos os dias ou quase.