6.9.04

Notícia da camélia florida

.

Foto: manueladlramos 0410

Esta flor é de uma camélia especial: não se trata da vulgar japoneira (Camellia japonica), mas sim de uma outra espécie do mesmo género, a Camellia sasanqua. Também desta camélia, igualmente originária da China e do Japão, se produziram numerosos cultivares ornamentais. Distingue-se da japoneira por ter folhas mais pequenas, pelas flores fragrantes (as da japoneira são geralmente inodoras), e por a floração se iniciar logo em Setembro, alguns meses antes das japoneiras.

No Parque de S. Roque, junto ao recinto infantil, vi ontem uma sasanqua em flor; um pouco mais abaixo, uma outra sasanqua cobria de pétalas rosadas um banco de jardim. Querem melhor motivo para visitar o Parque?

6 comentários :

sandra costa disse...

Onde fica o Parque S. Roque, Paulo? Queria sentir o cheiro dessas camélias. Nunca vi camélias com cheiro... (Sandra)

Paulo Araújo disse...

Ainda recentemente um jornal nortenho queria por força que as camélias tivessem cheiro, mas era claro que quem escrevia nunca tinha posto o nariz em nenhuma. Porém estas cheiram mesmo, e se calhar não são assim tão raras. O que acontece é que quando chega o tempo das camélias "normais" estas já não têm flor.

Eis como chegar ao Parque de S. Roque: de carro, sobe-se a Av. Fernão de Magalhães e, já perto da Praça Velasquez, num cruzamento com semáforos, vira-se à direita na Rua Dr. Henrique de Miranda, que se segue sempre em frente até à Travessa das Antas; o portão do Parque é na Travessa uns poucos metros à direita.

zazie disse...

não fazia ideia que houvesse cameleiras com perfume! tenho de ver (cheirar) isso!
E sabes se é fácil reproduzi-las?

Paulo Araújo disse...

Suponho que se reproduzem do mesmo modo que as outras camélias, e que os hortos comerciais terão algumas variedades à venda. Por que não experimentar os hortos Moreira da Silva ou Vilar d'Allen, ambos na zona do Freixo, no Porto? O segundo está instalado num histórico jardim que merece uma demorada visita.

Akemy Asano disse...

Olá, tenho uma flor em meu jardim que não consigo saber o nome dela, a pessoa que me deu também não sabe... Vi esta Camélia e achei bem parecida, porém, a minha tem um mesclado de rosa, rosa claro e brando, e no seu meio é bem recheada de polem amarelo e do meio deles sai mais um tufo de polem branco e um pouco mais alto, em seu caule tem espinhos bem espaçados e grandes. São formados cachos de botões, só que abre uma flor por vez e dura apenas um dia, fecha, seca e assim por diante, realmente para mim, que estou começando agora, é um mistério... Preciso de ajuda, por favor... obrigada!!

Paulo Araújo disse...

Se nos enviar fotos dessa planta (que não é uma camélia, pois as camélias não têm espinhos) para o endereço dias.com.arvores(at)sapo.pt, talvez possamos ajudá-la.