17.9.04

A propósito de bolotas

.
A propósito de bolotas, não esqueçam os criadores de suínos que estamos no mês mais indicado para a sua colheita, como já foi aqui lembrado.
Para os outros, os menos familiarizados com as ditas, transcreve-se a seguir um texto bastante instrutivo:
«O fruto da sobreira chama-se lande (popularmente landre, alandia) e daí se formou Landal, Landeiro, Landeira: as landes servem de alimentação aos porcos nos montados alentejanos; só em certos casos as comem as pessoas.
O fruto da azinheira, que é doce ou amargo, chama-se bolota ou boléta (Alentejo), e, se serve igualmente para os porcos, entra também, quando é doce, na alimentação da gente (comem boléta no Alentejo, do mesmo modo que nos terrenos de castanha os respectivos povos comem estas)
(...) o fruto (do carvalho) destinado a engorda de porcos, chama-se (analogamente ao do sobreiro e da azinheira) lande ou landre, bolota ou boleta, conforme as localidades, (apresenta-se) inserido numa cúpula (d'onde veio para a família o nome de cupulíferas*).»
* Actualmente "Fagáceas"
José Leite de Vasconcelos in Etnografia portuguesa: tentame de sistematização. Lisboa : Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1958-1988. Vol.II,p. 61

Quem nunca viu uma bolota poderá aqui admirar aquelas que devem ser as mais belas (fotos de) bolotas da bolotosfera, perdão, da blogosfera.
.

5 comentários :

Anónimo disse...

já agora uma dúvida, é sobreira ou sobreiro?
e a propósito do "Quem nunca viu uma bolota poderá aqui..." a semana passada andava a passear pelos campos em trás-os-montes e cruzo-me com um agricultor muito simpático e certamente curioso com o que estaria a fazer com um carro (não 4x4) numa estrada de terra batida totalmente esburacada que "para ficarem a conhecer" me dá uma avelã ainda envolta na folha/flor? que a protege. confesso a minha ignorância, nunca tinha visto a avelã assim, e ainda para mais era grande, pelo menos tenho ideia de ver sempre avelãs pequenas.

vitorsilva
no.weblog.com.pt

Anónimo disse...

Ora bem ! e eu que não conhecia este lugar na blogosfera!Adoravel,e fiquei babada por ter contribuido com as fotos.Obrigado por terem gostado.Já agora as bolotas que fotografei são todas de sobreiro(não sobreira)e mostram a evolução ao longo dos meses,agora falta apenas quando estiverem maduras e escurecem.Ai são muito bonitas!
Simsenhor para quem como eu vivo e falo com as minhas arvores gostei imenso de descobrir este espaço.
Até muito breve annnie hall do outsider

manueladlramos disse...

Sobreiro ou sobreira? No texto transcrito aparecem ambas as palavras.Tal e qual como se reproduziram. Nos parágrafos ante riores (que se vão também "postar", José leite de Vasconcelos explica as diferenças para o Alto-Alentejo). Se bem que sobreiro seja o termo mais corrente e o que aparece nos dicionários em destaque, sobreira poderá ter ou não um sentido diferente consoantes as regiões. Pelos vistos a nossa amiga Annie Hall cheia de sorte convive com um sobreiro e disse logo que não era uma sobreira --(é um sobreiro -mãe...:-)). Há alguma razão especial para ter feito essa afirmação? Alguma diferença entre o sobreiro e a sobreira no sítio onde vive?

Carla de Elsinore disse...

depois de seguir o link fiquei com muito pouca vontade de prosseguir a série #flora de elsinore. uma boa descoberta, obrigada.

Anónimo disse...

Aqui ,onde realmente tenho a felicidade de estar rodeada não por um sobreiro mas por muitos:) chama-se sobreiro há arvore adulta ,aquela que está a produzir bolotas(para os porcos e tb ,lá mais para baixo para quem aprecia )e a que se pode retirar a cortiça.Chaparro é um sobreiro novito ,jovem.E os mais antigos chamam sobreira aos sobreiros muito velhos que já não produzem nada.Ora o termo não se usa já e por vários motivos.O principal deve ser porque os sobreiros estão a morrer novos,por doença.Algo preocupante e que não tem motivado infelizmente uma intervenção a sério.Isto, dos nomes é o que sei,pode não estar cientificamente correcto mas vem de informação popular:)
Virei para aprender mais sobre o assunto.Annie hall do outsider