24.5.05

As faias do Jardim do Passeio Alegre

.


Fotos: mdlramos - Abril 2005
As duas faias (Fagus sylvatica L.) do Jardim do Passeio Alegre encontram-se lado a lado, o que realça ainda mais a diferença da sua bela folhagem: verde luminoso uma, e vermelho escuro, a outra, da variedade purpurea.
A primeira faia "purpurea" foi descoberta em1680 num cantão de Zurich, em Buch e tornou-se o antepassado de todas as faias de folhas de cor vermelha. A estas faias está associada uma lenda macabra: viviam nesse local 5 irmãos que se mataram uns aos outros; para perpetuar a memória deste fatricídio horrível, conta a lenda que Deus quis que todas as faias descendentes da que foi manchada pelo sangue dos irmãos conservassem reflexos vermelho-púrpura na sua folhagem. (Cf. Le hêtre, Robert Bourdu, "le nom de l'arbre", Actes du Sud)
.
A faia em quatro novas lições
.

1 comentário :

Anónimo disse...

Em relação às faias do cultivar asplenifolia... quem quiser adquirir uma ? julgo que um horto em Amarante de nome "Mestre Jardineiro" ainda deve ter algumas... tinha umas pequenas com cerca de 1 metro e uma maior com 4 ou 5 metros.