16.10.04

Boas Notícias # 1

Hoje e amanhã
Festa no Jardim Botânico da Ajuda - À Volta do Dragoeiro
«Com o objectivo de angariar fundos que completem os subsídios já recebidos para a recuperação do emblemático dragoeiro nascido no jardim em 1764 e que sofreu no passado dia 28 de Abril um desabamento.»

5 comentários :

Maria Carvalho disse...

Repararam no cartaz deste evento? Mostra a copa "à escovinha" do dragoeiro, que o distingue de outras dracenas, e o tronco vermelho evoca o "sangue de dragoeiro", nome que se dá à resina desta cor que é segregada por esta árvore.

António Viriato disse...

Aqui aportei por indicação feliz do Abrupto.

Fiquei deveras agradado com o tema privilegiado deste blogue - as árvores - esses seres que embelezam os nossos dias, nos campos, nas urbes, sempre disponíveis, sempre afáveis e generosos, na sua longeva acção benfazeja.

Longa vida a esta louvável iniciativa.

manueladlramos disse...

Boas e belas palavras!
Esperamos que sinta sempre vontade de comentar. Sim?
Manuela

Anónimo disse...

Uma boa notícia que vem do Brasil. Será que alguma Câmara Municipal portuguesa quererá seguir o exemplo?
Passo a transcrever na íntegra:

Secretaria do Verde lança projeto Árvore Cidadã

A Secretaria do Verde lançou no mês passado a Campanha Árvore Cidadã, com a
intenção de fortalecer os laços entre a população de São Paulo e o meio
ambiente. Até o dia 21 de novembro, qualquer pessoa pode cadastrar a árvore
localizada na frente de sua residência. Para isso, basta acessar o endereço
www.prefeitura.sp.gov.br/svma/arvore e responder algumas perguntas,
informando tamanho e estado da árvore. Ao preencher todos os dados, o
paulistano recebe um certificado de participação, que poderá ser impresso no
ato.
Nos próximos dois meses, a Campanha estará nas ruas, sendo difundida em
parques e espaços públicos da cidade. A Secretaria quer descobrir a relação
que os paulistanos têm com as árvores plantadas nas ruas de São Paulo. As
árvores cadastradas gerarão um banco de dados que servirá de base para a
definição de ações e até mesmo de políticas públicas. Os resultados obtidos
vão orientar as ações da Prefeitura para melhorar a arborização da cidade e
também para definir campanhas de educação ambiental.

Meu comentário final: com imaginação e vontade de fazer pode mudar-se o mundo. A maior crise é a crise de vontade.
Foyos

Anónimo disse...

sdomioDescobri este sítio graças ao Diário de Notícias.
Ficou já nos Favoritos.
Não tive ainda tempo para o explorar convenientemente.
Gostaria de encontrar alguma coisa sobre o frangipani ou plumeria para saber da sua adaptação ao nosso clima.
Coloquei há uns três meses num pequeno vaso uma semente de embondeiro que havia trazido de Moçambique.
Já tenho uma pequenina árvore com 5 cm de altura.
Será que sobreviverá em Portuga?