1.5.07

Arroz-dos-muros


Sedum arenarium

Este arroz é o complemento natural à sopa-de-pedra: coloniza escarpas nuas de zonas temperadas, sobrevivendo das partículas que resultam da erosão das rochas. Suporta admiravelmente grandes diferenças de temperatura e a reduzida humidade destes ambientes à custa de um metabolismo típico das crassuláceas que lhes permite estarem «acordadas» apenas de noite. Em afloramentos rochosos não pisoteados por másculos alpinistas, nem sujeitos a movimentações excessivas do solo, estendem-se grandes lençóis destas flores brancas a coroar caules vermelhos revestidos por folhas carnudas. E se se for paciente, sem se demorar em ajustes de profundidade de campo e velocidade, podem fotografar-se belas borboletas que as visitam em busca do farto néctar que produzem.

Sem comentários :