9.9.05

Árvore das orquídeas


Fotos: pva 02 - Bauhinia variegata nos jardins do Palácio de Cristal (árvore já desaparecida)

As Bauhinias, arbustos que podem atingir os 10 metros de altura, são da família das leguminosas (Fabaceae), produzindo vagens acastanhadas que abrem violentamente quando maduras para espalhar as sementes. O nome homenageia os irmãos Caspar e Jean Johannes Bauhin, botânicos suíços do século XVI. As folhas têm formato inconfundível: redondas e bilobadas, com um sulco bem vincado, lembram a impressão de uma pegada de animal com casco; algumas abrem e fecham como páginas de um livro, um truque para controlar a evaporação. Formam copa larga e caiem quase todas antes da floração, que dura vários meses em exemplares saudáveis. As flores, que se agrupam nos extremos dos ramos, são de tom branco, rosa, carmim, vermelho ou violeta; assemelham-se a orquídeas, com cinco pétalas irregulares, algumas sobrepostas, estames proeminentes e um leve perfume.

De cerca de 350 espécies, as mais usadas como ornamentais têm origem na China, África ou América do Sul. Uma das mais famosas pela sua floração vermelha, conhecida desde 1880, é um híbrido natural estéril de B. variegata e B. purpurea que se identificou em Hong Kong, de nome científico B. x blakeana. Desde 1965 que é emblema da região e, depois dela passar para a soberania chinesa, a flor desta espécie de Bauhinia figura na sua bandeira sobre um fundo vermelho. Nas moedas de Hong Kong, que enquanto colónia inglesa continham numa das faces a efígie da rainha Isabel II, reina agora a flor desta Bauhinia.

Existia um exemplar de Bauhinia variegata de belo porte num dos terraços do Palácio de Cristal. Esta árvore adoeceu e foi retirada há uns anos; ainda não foi substituída por outra do mesmo género: no seu torrão cresce agora apenas uma relva espessa. Em contrapartida, o Jardim Botânico do Porto tem plantado com sucesso vários destes arbustos e vê-se recompensado com algumas flores excepcionais.


Bauhinia forficata no Jardim Botânico do Porto

3 comentários :

*Rita* disse...

Muito bonita esta pequena árvore. Já agora, tenho uma planta para identificar que me tem deixado intrigada mas não tenho a certeza da minha classificação. Lembrei-me deste blog fantástico e pensei se vocês me ajudavam, mas não sei como enviar-vos as fotos. Pelas flores e frutos (não tirei fotos) pareceram-me, na altura (Março), ser de pitospóro, Talvez o pittosporum undulatum, mas gostava de saber a vossa opinião.
Obrigada, *Rita*

Paulo Araújo disse...

Pode enviar as fotos para o endereço dias-com-arvores@sapo.pt e daremos resposta logo que possível.

Luiz disse...

Muito boas as fotos da árvore das orquideas.
Tambem tenho algumas orquideas que poder ser vistas no meu Blog a seguir: www.orquihobby.blogspot.com