29.5.10

Três cores ao atropelo


Tropaeolum tricolor Sweet

.....Embora ele se inclinasse bem sobre a beira,
.....A água estava demasiado em baixo para ser vista.

....."O tempo, percebemos", observou alguém
.....Na sua cabeça, "é apenas o ritmo

.....A que o passado se deteriora." E, assim,
.....Deixou escapar devagar por entre os seus dedos

.....Uma ou duas recordações especiais que calhava
.....Ter ali consigo, ficando depois a ouvir

.....Atentamente o seu eco enfraquecido.

.....Neil Curry (O Poço, trad. Francisco J. Craveiro de Carvalho)

7 comentários :

FORESTATION ROOM disse...

Hello, nice to see your post :)

http://www.forestationugm.webs.com

ZG disse...

Beautiful!

Gi disse...

Lindo.

Maria da Luz Borges disse...

E qual delas a mais bela!
Luz

Maria Dalila disse...

Boa noite, caros divulgadores da botânica extraordinária!

Maria Carvalho, onde existe a Tropaeolum tricolor Sweet? É muito interessante e ,por momentos, fez-me lembrar os " Brincos -de -princesa"...

Uma excelente semana!

MD

Paulo Araújo disse...

Dalila:

As plantas do género Tropaeolum são de origem sul-americana. Esta Tropaeolum tricolor é chilena e foi fotografada na estufa alpina dos Kew Gardens; é pouco provável que exista à venda em Portugal. E se calhar não seria boa ideia introduzi-la, pois por cá já temos as chagas (Tropaeolum majus), que são bem conhecidas pelo seu comportamento invasor.

(E, embora com algum atraso, ficam os desejos de uma óptima semana também para si.)

Maria Carvalho disse...

E um abraço agradecido para a Gi, a Maria da Luz e o ZG. (Dá só duas letras a cada um, eu sei, mas a cedilha é uma vénia à vossa visita.)